Blog

Qual o melhor tratamento para endometriose?

tratamento para endometriose

Tratar a dor da endometriose é desafiador, em torno de 19% das mulheres não tem qualquer alívio da dor pélvica mesmo após a utilização de três opções terapêuticas.

A importância da investigação precoce para controle da endometriose, logo nos primeiros sinais de cólicas menstruais intensas, poderia estar ajudando milhares de mulheres.

Confira este artigo e entenda melhor qual o melhor tratamento para endometriose.

Anticoncepcionais tratam a endometriose?

O uso de ANTICONCEPCIONAIS ORAIS é a primeira escolha quando se pensa em bloqueio menstrual, ao mesmo tempo em que percebemos uma alta taxa de recorrência da dor (59%) da endometriose ao final do uso desses. Confira este artigo e entenda que o tratamento vai além do anticoncepcional.

De fácil acesso, baixo custo e por ser via oral, os PROGESTÁGENOS isolados – Dienogeste e Desogestrel – ocuparam espaço nas indicações de doenças estrogênio-dependentes, contudo os resultados para o tratamento de dor tem ampla margem de variação (7%-73%).

O intenso bloqueio hormonal dos ANÁLOGOS DO GNRH promove uma boa resposta a diminuição da dor (66%), no entanto, com sintomas semelhante à menopausa e queda da densidade mineral óssea, se torna menos escolhido por médicos e pacientes.

Cirurgia videolaparoscópica para tratar endometriose

A CIRURGIA VIDEOLAPAROSCÓPICA para retirada dos focos de endometriose além de ser o padrão ouro para diagnóstico, fornece a oportunidade de tratamento no ato.

É um procedimento cirúrgico que permite ao médico visualizar a pelve e inspecionar os órgãos reprodutivos, verificando a presença de endometriose. É realizada com a paciente em centro cirúrgico e sob anestesia geral.

Bons resultados para tratamento da dor da endometriose acontecem após o procedimento (69% dos casos), porém é necessário manter a paciente com bloqueio menstrual após a cirurgia.

 

Gestrinona tem demonstrado melhor opção no tratamento da endometriose

Difundida mais recentemente, a GESTRINONA tem demonstrado uma forte capacidade de bloqueio menstrual e controle da dor (72% dos casos) pela sua capacidade antiestrogênica e ação androgênica.

Ela pode ser utilizada tanto como terapia única na forma de implantes ou associada com outras terapias como na forma de cápsula vaginal. É também ótima indicação para usar após os procedimentos cirúrgicos.

Dentre os tratamentos comercializáveis aquele que obteve melhor resposta terapêutica foi a GESTRINONA, por isso nunca deixaremos de apresentar esta terapia já nas primeiras consultas da paciente com endometriose.

Se você tem dúvidas sobre qual o melhor tratamento para a endometriose, procure ajuda especializada, estou aqui para te ajudar

Compartilhar
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

VEJA TAMBÉM